Categoria

VIAGENS

Fushimi – Brunch japonês baratinho em Williamsburg

4 de fevereiro de 2019

Hoje vou compartilhar com vocês um restaurante que é um dos meus preferidos aqui em Williamsburg. Quem me segue no Instagram já deve ter visto várias postagens sobre ele e agora resolvi eternizar meu amor com esse post. Eu sempre passava pela frente desse restaurante por ele fica bem no caminho do metrô e sempre achava ele muito chique e na minha cabeça nunca iria porque “parecia” ser caro. Até que num sábado passamos pela frente dele e vimos um cartaz anunciando um menu de brunch por 16 dólares. Resolvemos entrar e nos apaixonamos tanto que fomos um mês seguido, todos os fins de semana!

Continue Lendo

Avocaderia – Restaurante que serve tudo com abacate

29 de janeiro de 2019

Nova York é uma das cidades mais incríveis em relação a diversidade culinária. Você pode encontrar todo tipo de comida, de qualquer lugar do mundo por aqui. Agora imagina que incrível e desafiador fazer um cardápio com apenas um ingrediente principal? Nessa categoria de restaurantes temáticos podemos encontrar vários. Tem restaurante que tem a decoração toda rosa, que serve tudo com ovo ou tudo de matcha(chá verde). O post de hoje vai ser sobre o Avocaderia, que é um restaurante, que como já diz o nome, serve tudo com abacate. Então como uma super fã de abacate que sou fiquei doida pra ir conhecer.

Continue Lendo

Escher Exhibition & Experience na Industry City

27 de janeiro de 2019

Foto tirada em 2011, quando essa exposição estava no CCBB do Rio.

Nem acreditei quando soube que essa exibição do M.C. Escher viria pra NY, demorei pra conseguir ir, mas fui e vim mostrar aqui um pouco do que vi lá. Eu já tinha ido em uma exposição dele em 2011 quando ainda morava no Rio, mas essa é bem mais completa, com mais de 200 obras e com experiências para os visitantes. Mauritius Cornelis  Escher foi um artista gráfico holandês, um dos mais incônicos do século 20 e que ficou conhecido por ilustrar construções impossíveis, padrões geométricos, metamorfoses, infinito e muita ilusão de ótica em suas obras.

Continue Lendo